Notícias de maternidade, dicas e muito mais!

07 sintomas de dengue em crianças que todos os pais devem saber

0

A preocupação com a saúde dos filhos é uma constante na vida de todos os pais. Em regiões onde a dengue é endêmica, estar atento aos sinais da doença em crianças torna-se uma prioridade. Neste artigo, exploraremos de forma abrangente os 07 sintomas de dengue em crianças que todos os pais devem conhecer. Este conhecimento não apenas capacitará os pais a agirem rapidamente, mas também contribuirá para a prevenção e o tratamento eficaz.

Veja também: Banho de sol para bebê: riscos que muitos não sabem

1. Febre Persistente: Um Alerta Inicial

A febre é muitas vezes o primeiro indicativo de que algo não está bem. Contudo, na dengue, a febre persistente é um sinal característico. Se a temperatura da criança se mantiver elevada por mais de três dias, é crucial procurar orientação médica.

2. Dores Musculares e Articulares: Sinais de Alerta

As dores musculares e articulares são comuns em casos de dengue. Em crianças, isso pode se manifestar como relutância em se mover, irritação ao serem tocadas ou expressões de desconforto. Prestar atenção a esses sinais pode ser fundamental para um diagnóstico precoce.

3. Dor de Cabeça Intensa: Um Sinal a Não Ignorar

A dengue frequentemente provoca dores de cabeça intensas, e em crianças, essa manifestação pode ser especialmente desafiadora devido à dificuldade de expressar a intensidade da dor. Pais atentos devem estar cientes de qualquer queixa persistente de dor de cabeça e considerar isso como um possível sintoma de dengue.

4. Manchas Vermelhas na Pele: Um Indicativo Importante

As manchas vermelhas na pele, conhecidas como exantemas, são um indicativo significativo de dengue em crianças. Elas geralmente aparecem após o terceiro dia da doença e podem ser confundidas com outras condições dermatológicas. No entanto, quando associadas a outros sintomas, elas assumem uma importância crucial no diagnóstico.

5. Náuseas e Vômitos: Sinais Gastrointestinais

A dengue pode causar sintomas gastrointestinais em crianças, incluindo náuseas e vômitos. É importante observar qualquer alteração nos padrões alimentares da criança e procurar ajuda médica se esses sintomas persistirem.

6. Sangramento Gengival e Nasal: Sinais de Gravidade

Em estágios avançados da dengue, podem ocorrer sintomas mais graves, como sangramento gengival e nasal. Embora esses sinais sejam menos comuns em crianças, sua presença requer atenção imediata e intervenção médica.

7. Letargia e Irritabilidade: Comportamentos Indicativos

A dengue em crianças pode causar fadiga extrema, resultando em letargia, bem como irritabilidade inexplicada. Se uma criança que normalmente é ativa torna-se repentinamente apática, os pais devem considerar a possibilidade de dengue.

 Agindo Rapidamente para Proteger os Pequenos

Em resumo, a dengue em crianças apresenta sintomas distintos que exigem atenção imediata dos pais. Reconhecer esses sinais e buscar orientação médica precocemente pode ser crucial para um tratamento eficaz. Além disso, a prevenção através de medidas como o controle de mosquitos é fundamental para proteger as crianças contra a dengue. Ao educar os pais sobre os sintomas específicos em crianças, podemos contribuir para um ambiente mais seguro e saudável para as futuras gerações.

Veja também: 8 nomes para bebês brasileiros inspirados nos Estados Unidos

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Olá, mamãe! Nós utilizamos cookies para melhorar sua experiência de navegação, nada além disso. Mas você pode rejeitar isso caso deseje. Aceitar Saiba mais

Política de Privacidade e Cookies